sexta-feira, 14 de agosto de 2015

Não vejo ninguém brincando em velório. Vejo o velório de um país, sendo sepultado a cada dia que passa, e todo mundo brincando.

Nenhum comentário: