sábado, 26 de julho de 2014

Renovação

Distinta forma ou formação
Somos formatos da mesma origem
Substância de uma mesma necessidade

É só uma folha de calendário que se solta
É só um comum dia após dia de toda gente que se move
Um dia mais velho primeiro
Outro dia mais novo depois
Nesse aprendizado oscilante

Energia vai, nada retorna
Angústia de transição
Dessa composição insatisfeita
Transfere pra mim e pra quem.

Esmeralda como uma lagoa
Como quero suas águas tranquilas
Como quero esquecer o que existo
Como quero sarar essa ferida
Nesse templo de magnificências
O seu ir e vir de águas
O esplendor da divindade natural
Nesse lugar em que o tempo para
E o tempo voa
E a vida é bela
E a vida é boa.

Errado é a prisão do pensamento.

Nenhum comentário: