terça-feira, 15 de julho de 2014

Das Falácias dos Politicamente Informados

Todo mundo ficou impressionado com o carisma e a educação da seleção alemã, especialmente na reta final da Copa do Mundo. E aí de repente eu vi que muita gente se compadeceu por eles darem reconhecimento a coisas que até mesmo os críticos imediatistas da internet sequer pararam pra pensar antes. Mas isso não quer dizer que a nação, em sua totalidade, esteja indiferente à sua cultura, às suas origens e às suas necessidades. Pensar dessa forma só mostra como você está alienado e arrogante diante da sua própria sociedade.

Então eu pensei em outra coisa:

Pra quem acha que a política é a medida de todas as coisas na sociedade, acho que às vezes é bom simplificar:

Não é preciso de lei pra dizer "bom dia".
Não é necessária uma ordem judicial para se dizer "me desculpe" ou "eu estava errado".
É inútil uma cúpula na câmara para dizer "obrigado".
E não é preciso uma nova constituição pra você perceber que nesse mundo você é só mais um, e não é melhor do que ninguém, seja por causa da sua cor de pele, etnia, religião, classe social ou lugar de origem.

Simples assim.

Nenhum comentário: