terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Pedido de Casamento

Posição de príncipe campeão
E postura de donzela intocável
Inspiradora de cantos e cânticos
Cujo perfume que exala
Libera a imaginação
Inspirador de Odes e Entoadas
Cujas pessoas sempre se lembram
E se sentem mal.

Ele está pronto
Nervosamente se ajoelha

E ajoelhado prepara o pedido
Pondera as palavras
Pigarreia o tom de voz

Muuuu, tilim tilim passa a abesana passa
Meneia os chifres pra lá, meneia os chifres pra cá
Pasto, pasto, pasto, ruminando pensamentos
Enquanto um rastro de esterco se segue
Invadindo o castelo encantado das fadas

Horrorizadas pela repulsa as coitadinhas voam
E tapando os narizes de horror, dizendo:

- Que horror! Que horror! Que horror!

Calmamente a vaca pasta, e passa
Com a sabedoria mais pura do gado
O homem, desconcertado se ergue, observa, pondera
Limpa os joelhos e passa a refletir sobre a importância do meio ambiente.

Nenhum comentário: