segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Depois

Desde o choro ao sublime riso
Tudo está aqui
Quem nasce pega dessa cidade continuada
Cidade dos adiamentos

A conclusão é estado de fé:
Para quem a fé é alucidez
É fim.

Adie sentimentos
Tristezas fiquem pra depois
Crueza de amor, depois
Incerteza, não é sentimento, é sentido
Depois
Versos pela metade
depois
Coisas sem conclusão

Nenhum comentário: