domingo, 17 de junho de 2012

Ego et Circenses

Surge nessa imensidão de cordialidade mansa
Uma necessidade vinda do estômago
Arde-se em chamas, inquieta
Seja lá uma necessidade de rouquidão romântica
Mas por tudo o que há de mais sagrado
Xinga-me à minha mãe
Xinga-me à minha geração
Soca-me os punhos nos dentes até não sobrar mais dobra de língua
Do que lançar-me este pobre olhar cinza
Esta pena por cordialidade
Não deve existir de todas a maior das maldades
De que enganar por incertas bondades.

Consola-te aqui, no meu sofrimento
Nesta minha angústia solitária
Venha e deite-se sobre a minha miséria
Como nunca soube deitar-se com a sua própria
Trairá a minha desgraça consecutiva
Quando dela sentir-se seduzida

Há quem goste da verdade, mas nunca a serão!
Nunca a serão!
Aproximar-se nunca é o bastante para tê-la em si
Sê-la em si
Moldá-la ao que seja como espera desta concepção
Nunca será, nunca a serão.

Pois quem vier primeiro já esteve aqui, no chão
A verdade deita-se e desfaz-se
E corrói, e constrói, e destrói-se como quer
E mil homens passarão
Mil mulheres deixarão de ser
E dela seremos a tua vontade
Seja-me a minha esposa ou marido
Mas nunca dela teremos um beijo ou um afago ou um sexo inesquecível
Seremos dela seus escravos tortos, condescendentes
Por ela mentiremos e jogaremos o pão no chão
E cagaremos por todos os lugares
E comeremos depois
E carregaremos o pesar de um ou dois.
E nunca admitiremos não ser ou ser ou não.

Deita aqui, faz-se confortável para dizer
Palavras mudam ações.
Oh verdade, sua traiçoeira!
Estarás sempre oculta em nossas maiores cegueiras!

domingo, 10 de junho de 2012

Senso Comum

Esta foto eu peguei do perfil do Facebook Brado Informativo. Infelizmente não sei o autor para lhe dar os devidos créditos e os parabéns pela imagem. Caso ele apareça por aqui, pode me informar via comentários.

Já vi uma charge muito parecida há anos, na escola. Se eu encontrar posto aqui também.

Pessoalmente não acredito que o senso comum seja totalmente ruim. A mensagem abaixo supervaloriza a importância da ideia. Mas eu prefiro pensar e escrever sobre isso num outro momento.


Frase XXXII

Não são as armas de fogo a maior arma de um homem. A maior arma de um homem é a linguagem, a única arma que tem o poder de nos convencer, em nome de algo ou alguém, a usar as armas de fogo.

sábado, 9 de junho de 2012

Sobre Inveja

Sempre achei medíocres as pessoas que ficam preocupadas com a inveja alheia, talvez por eu ter uma mente tão ocupada com coisas mais importantes que não me parece que tal coisa, inveja, possa existir para mim. É foda... hoje comecei a entender um pouco disso e realmente dói. Não é medíocre quem foge da inveja, medíocre é quem vive em função disso. 

Para estas pessoas eu só preciso dizer: procurem algo melhor para fazer da vida. Ninguém cultiva nada esperando que a horta do vizinho seja destruída. Essa de distorcer verdades porque você não tem amor próprio pra contribuir com sua própria vida, isso é muito pobre, pequeno. Vivemos num universo muito vasto. O que faz sua atitude e sua opinião parecerem tão fundamentais assim?

Se precisar de ajuda, conselhos, eu sou ótimo pra isso, faz parte do meu ser querer ajudar os outros, da melhor maneira possível, mesmo tendo a certeza de que nunca me agradecerão por isso. Sem ressentimentos. Mas não espere a destruição de pessoas boas que também cometem erros. Isso não é legal e de acordo com a crença comum, aquele Deus parece não achar isso grandioso.

Engraçado que questionam a ética de um ateu, um agnóstico ou até mesmo de um Deísta. Atribuem o mal do mundo aos incomuns, aos questionadores. Estas pessoas tementes a Deus não temem então conviver com uma consciência tão suja assim? Tirem Deus desta história. Segundo a história de sua bondade, Ele é grandioso demais pra isso.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Amo meu povo brasileiro e suas raízes, mas se tem algo que eu realmente não suporto é a profunda baixa auto estima que muita gente carrega dentro de si.

Uma pessoa que diz ser boa no que faz não é arrogante, é auto confiante. Uma pessoa que não tem nenhuma noção do que é ser útil mas se considera melhor que todos, essa sim é arrogante.

Na dúvida consulte um bom dicionário.

Sobre essa tal liberdade...

Liberdade de expressão? Ah, conta outra vai! Nunca fomos livres nessa merda de país. Fomos é anestesiados. Enquanto você lida com seus probleminhas cheios de nhé nhé nhé, você é livre pra acreditar nessa falsa liberdade. Mas ouse dizer a verdade mesmo! Não verão país algum!