quarta-feira, 25 de abril de 2012

Para um adulto, o maior problema em ser criança é que para eles, elas são indomáveis. A pressa que uma criança tem em ser adulto é para se livrar da opressão de ser criança. Se houvesse menos repressão na infância, teríamos mais crianças alegres, e menos adultos tristes.

A adolescência parece uma invenção onde essa pressão se torna bem articulada, confundida com a mudança do corpo. Corpo e mente são coisas tão distintas e ao mesmo tempo tão conjuntas. A mente comanda o corpo, e se a mente é criança, não há corpo que a negue.

Só sendo si mesmo para ter a certeza: sou adulto ou sou criança? A natureza é harmoniosa porque sabe se respeitar com naturalidade. Forçar o processo só reflete nossa dependência da produtividade material.

Nenhum comentário: