domingo, 28 de agosto de 2011

Respiratoris Honoris Douto Causa

Tive de constatar do alto dos vales da vida
Daqueles que se ouvem nos contos de ninar
Escrever em dez mil papéis
E ter a certeza irresoluta de outros tantos doutores acadêmicos
Para poder afirmar certamente o que poderia ser
A sensação leve de uma pura brisa.

Meu pai não é puro pai por criação divina
Antes não fosse saído de uma clínica.
Aversidade a verdade
Me tiras da vera verde cidade
Quando o céu não pode ser azul
Sem assinatura de um milhão de certos conhecedores.

sexta-feira, 26 de agosto de 2011

Reflexões num Casulo Moderno

Vontade enervada conforme os ventos sopram para lá
Cachos de cabelos e músculos ruidosos
Para que serviriam eles?

Uma vez eu soube, como sabem os que pouco conhecem
O espelho vira vidraça conforme se viram para nós
Então por que a fonte demasiada de esperança?

Criaturinhas brilhantes, como vaga-lumes sinceros voam em meu contorno
Não tenho asas coloridas como as borboletas
Ou uma direção precisa como os gaviões
Minhas asas contornam as costas da minha segurança.
Porque quanto mais sei sobre o que não sabemos
Mais me torno em fruta ressequida
E mais ao longe, mais distante ouço
Risadinhas e gritarias do fogo de artifício em um parque de diversões.

De nada me servem as impressões indistintas numa noite cintilante qualquer de uma festa confusa.
Nada que me serve senão mesmo para minha recordação
E minha impressão.
Pois o que há de honestamente necessário
Nessa imensa vitrine de coquetéis?
Seja na porta de entrada da boate
Ou na recepção do hospital
A doença permanece a mesma:
A dementalidade pouco reconhecida da mentalidade.

Serei e sou o único são quando perceber que sou o único demente.

Feliz Meu Aniversário!

Hoje é meu aniversário de 26 anos! Por isso vou dizer a mim mesmo algumas palavras, para que eu não esqueça.

Todos nós cometemos falhas, mas não é a maioria que tem a cara e coragem de assumir a isso. Ao mesmo tempo, todos tem medo de ouvir um pedido de perdão, porque querem um motivo orgulhoso para justificar a sua raiva. Esqueça isso, ok? A vida continua, o mundo é muito grande e você está vendo que é cheio de pessoas boas, que pensam diferente sim, que gostam de coisas diferentes, mas que são boas, porque é isso o que realmente importa.

Não adianta arrumar mil e uma explicações para justificar meus desagrados em relação à vida, no fim, não passa de uma opinião pessoal. O que deve prevalecer sempre é o respeito e amor ao próximo.

Acredite em si mesmo, goste de si mesmo, não deixe que ninguém jamais diga que você é menos do que você sabe que é. As pessoas ao seu redor são a prova de que você é tem um coração bom. Quem não compreende gentileza, honestidade, lealdade e coragem de assumir as fraquezas jamais vai compreender o que você é, e por essa razão, lhe virará as costas com medo do que você tem a dizer, seja em sua defesa, seja em defesa do outro. 

Poucas pessoas foram capazes de lhe dizer palavras como estas, e na falta delas, porque não dizer de si para si mesmo?

Feliz aniversário e nunca deixe de compartilhar o que você tem compartilhado desde sempre.