quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

A Primeira Morte


Sentado na areia da praia
Estava escuro
Mas uma fogueira tímida tentava me aquecer.
Mal conseguia ver as estrelas.

O ar me esfriava
A areia me coçava
A maresia me ardia os olhos
Mas nada disso me importava.

Pensei nos amigos
Em todos que foram
E em todos que estão.

A chama da fogueira foi se apagando
E se apagou.
Não havia ninguém para vê-la se apagar comigo.

Nenhum comentário: