segunda-feira, 11 de janeiro de 2010

Animo


No raro momento, belo caminho
Onde céu e terra se abraçam
Eu lanço um modesto olhar

O perfume verde afaga-me o ser
Mistura-se com a pedra dura
Árvore seca, água pura.

Sou branca cinza
Sou preta escura

E na morte suave
No vento, brisa tranquila
Meu coração, perdura

Nenhum comentário: