terça-feira, 14 de julho de 2009

Vida Completa


Na rua direita do meu bairro humilde
Nasceu um pequeno bebê

O choro do nascimento foi um estrondo
Escutado em todos os extremos,
Do bairro

Sentiu fome e foi amamentado
Sentiu frio e foi aquecido
Sentiu sono e dormiu.

Cerrou os olhos pequenos
E nunca mais abriu

Simples assim.

Nenhum comentário: