quarta-feira, 13 de outubro de 2004

Tragédia de um casal de adolescentes

Meio-dia.
O moço fitou-a com mãos trêmulas.
A moça olhava atentamente o resultado da loteria.
Por um instante, a luz do Sol pairou sobre suas cabeças.
E entre eles estava o teto escuro.


O relógio parou, o tempo parou e tudo ficou parado.
Uma linda história de noticiário os invadiu por instante.
A jarra de água entornou sobre a foto que dizia pra sempre
A moça deu as costas e foi ao cabeleireiro.
O moço tentava, desesperadamente enxugar a foto.
E o relógio ainda não soava o meio-dia e um.